Support for Harding and Labrie is increasingly international

A Brazilian Workers Union Takes Up The Cause of Supporting the Scapegoated Lac-Mégantic Rail Workers

CSP-Conlutas  Quinta, 04 de janeiro de 2018

CSP-Conlutas – Central Sindical e Popular

Apoio Apoio internacional

CSP-Conlutas expressa apoio a ferroviários do Canadá acusados de negligência em acidente

03/01/2018

Tom Harding, à esquerda, em julgamento ocorrido em 2017 – Foto TheStar.com

 

Um dia Internacional de Luta acontece nesta quinta-feira (4) em defesa dos ferroviários do Canadá, que são acusados como responsáveis por um acidente ocorrido em julho de 2013.

 

Tom Harding, engenheiro e condutor do trem, Jean Demaitre, gerente de operações e Richard Labrie, controlador de tráfico, foram acusados de negligência por este acidente e enfrentam julgamento que tem início nesta quarta-feira (3) e segue até sexta-feira, no Tribunal Superior de Quebec, em Sherbrooke.

 

Mobilização – A denúncia dos sindicatos locais alerta para os riscos que a precarização dos serviços trazem aos usuários e trabalhadores do setor, e afirmam que a responsabilidade da explosão é da empresa, a Montreal, Maine and Atlantic (MMA), e do governo, que flexibilizou a regulamentação do setor.

 

Entenda – Em 2013, um trem desgovernado que transportava petróleo bruto vindo dos Estados Unidos descarrilou na cidade canadense de Lac-Mégantic, explodindo e matando 47 pessoas, além de destruir parte do centro da cidade.

 

O trem continha 72 carros com mais de 2 milhões de galões de petróleo cru, e de acordo com a norma da empresa só apresentava um condutor e engenheiro responsável, Harding.

 

Apoio – Aqui no Brasil, a CSP-Conlutas estará amanhã (4), às 15h, em frente ao consulado do Canadá, em São Paulo, para entregar moção de apoio aos trabalhadores.

 

 

*com informações da Fenametro

 

Comments are closed